Em torno da história de uma astrofísica interpretada por Maite Perroni, a produção do filme “Dibujando El Cielo” tomou o Observatório Astronômico Nacional da UNAM localizado na cidade de Santa Maria Tonantzintla San Andrés Cholula, Puebla, como um dos seus principais locais.

A filmagem do filme terá a duração de cinco semanas, das quais carregam meia parte em Puebla, antes que estiveram na Cidade do México, onde eles retornam na próxima semana para concluir em 10 de Junho, disse isso  o produtor, Christopher Hool.

Durante o claquetazo oficial no referido local onde também teve presença de Leoncio Paisano Arias, prefeito de San Andrés Cholula, Ana Claudia Calderón, diretora, ele disse que esse é o lugar onde dois dos principais personagens trabalham.

Estes são: ” Sofia (Maite Perroni) e Gerardo (Christian Vázquez), ela é um astrofísica líder focada toda a sua vida no espaço e no céu e não percebe o que existe ao seu redor. O que vai acontecendo na trama vai virar de volta à terra e apreciar tudo o que ela tem “.

Maite Perroni disse que toda a equipe está animada com o projeto porque “é uma história onde, além de enfatizar tão importante quanto é a profissão astrofísica, dá-nos a oportunidade de estar nas Cidades mágicas que têm nosso país”.

Ela acrescentou que o trabalho que eles fazem como atores, em torno de uma produção cinematográfica inteira, “também nos permite compartilhar de forma indireta a beleza do nosso país culturalmente falando, porque  há comida,  há cultura, história e muitas coisas que nós orgulhamos como mexicanos “.

Ela disse sobre seu personagem o público vai encontrar uma mulher que está em um processo de reunir e conciliar com a sua vida terrena depois de ter passado muitos anos nas nuvens.

Por sua parte, Christian Vázquez acrescentou que é “bom estar aqui, trabalhando e conhecendo lugares, é a mais bela experiência como ator, são lugares onde talvez nunca poderia ter imaginado ir.” Ele será Gerardo, um astrofísico muito inteligente e muito estudioso.

No entanto, “que está faltando algo muito importante em sua vida, que é o complemento de cada ser humano. Além disso, todos tem que amar, não é só trabalho. Assim, nesta história Gerardo percebe isso. O filme é muito generoso em todos os sentidos”.

Com “Dibujando El Cielo”, ele disse, que, muitos jovens serão motivados a descobrir a astrofísica, uma profissão interessante que, ele mesmo não conhecia e que foi lentamente descobrindo com paixão através dos olhos de seu personagem.

Hool concluiu que além de San Andrés Cholula visitarão mais lugares como seu Zocalo e as encostas do Popocatepetl, “Nós escolhemos os melhores locais para projetar a imagem do México e, especialmente, de Cholula” para ele em seus filmes sempre gostou de mostrar ao público nacional e estrangeiro conheça esse lado do país “poder contar no contexto de um filme é maravilhoso.”

“Dibujando El Cielo” tem estreia prevista para primeiro trimestre de 2018 será lançado e distribuído pela Videocine.

Créditos: Site MaiPerroni (Tradução e Adaptação) & Sintesis.mx (Nota)

 

Categorias: Notícias

Camila Cabral

Uma menina/mulher um pouco com grandes sonhos, com amor imenso pela Maite. Uma de minhas paixões dedicar um pouco do meu tempo ao MaiPerroni.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *