Maite Perroni: A menina que não sonhou ser famosa

A cantora e atriz que  está atualmente vivendo em Nova York, nos deu um espaço para conversar como foi sua infância e como ela se tornou a pessoa que é hoje.
normal_kladhsf

Maite não é a típica garota que sonhava em se tornar uma estrela, na verdade, o marketing e a publicidade era o que ela queria estudar e que ela queria seguir. Então, quando foi que a atuação bateu na porta da sua vida?

Perroni Durante 13 anos  viveu na cidade de Guadalajara devido ao trabalho de seu pai. Lá, a cantora cresceu em uma subdivisão, onde ela teve a oportunidade de andar de patins, andar de bicicleta, cumprir o sonho de muitas meninas ter uma casa na árvore e brincar com água, entre outras coisas.

“Foi uma infância muito livre. Meus pais fez com que pudéssemos brincar, se divertir e não ficar assistindo TV”, Maite falou por telefone de Nova York.

Antes de ir para a cama, Perroni assistia desenhos animados como “Los Supersónicos”” e “Los Picapiedra”, eles que fazem lembrar de sua infância.

Maite tem dois irmãos mais novos: Adolfo que compartilharam suas aventuras e travessuras e Francisco, que passou dez anos e tratado como Nenuco, até que um dia ele disse: “Eu já tenho uma mãe”. Aí reagiu Perroni e hoje em dia costuma sair muito com seu irmão.

“Nos três convivíamos  muito agora, mas antes a diferença de idade, eu ficava mais com Adolfo”.

Uma vez estabelecida na cidade do México, Maite enfrentou a mudança do código postal, ambiente e casa. Agora, vivendo em um lugar com menos liberdade, mas por causa de sua idade, seus interesses e seus gostos mudaram. Algo que permaneceu o mesmo foi a música.

“Eu era um fã de OV7, de Guadalajara, fui a um dos seus shows. Engraçado porque agora eles são meus amigos”, disse a ex-RBD rindo.

Mas bom, em que momento Maite decidiu atuar?

Acontece que seus pais lhe deram permissão para levar um ano livre  após o ensino médio. Perroni então foi para uma agência de publicidade, onde  ela fez o teste para o programa Disney e en-can-tou

“Eu fui para estudar no CEA e nunca saí, eu nunca fui para a faculdade e já comecei a minha carreira. Não era algo que eu sonhava, nem cresci dizendo que faria isso”, disse a jovem cantora.

Maite embora não sonhou em ser uma artista, desde pequena o destino colocou algumas pistas para compreender que a sua vida tinha que estar no palco, aos nove anos apareceu no comercial de um doce picante, depois, para tintas imobiliárias, mas ela via como diversão. Marimar e Zuria Vega  também formam parte das experiências de Maite, porque, como já relatado, as três estudaram juntos e em um momento da vida, foram convidadas a gravar um vídeo de um cantora que começava carreira.

“Nem nós pagaram, na verdade, não me lembro o nome e se eu fiz, nem te diria”, disse ela entre uma gargalhada.

E assim, nove anos depois, Maite se tornou a atriz, cantora e a figura que hoje em dia o público ama.

Créditos: MP (Tradução e Adaptação) Fonte: Quien

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *