IMG_7439-Maite-Perroni-DPG_Mujeresb

 

Os tons de madeira convivem muito bem com um espírito quente. Apesar da baixa temperatura no final do ano, a cantora de ‘Eclipse de Luna’ harmoniza o ar, em uma atmosfera caseira Inglês, com sua simplicidade e habilidade de percepção.

Uma manhã fria e nublada de novembro, às 07:00 horas, poderia ser a melhor desculpa para armazenar bondade e economizar energia. Mas Maite Perroni- atriz, cantora e produtora em  ascensão profissional, decide que não. Sim,se atrasa um pouco para a entrevista e sessão de fotos, mas compensa.

Com seus passos curtos e lentos de pé firme, mas temperado, o contorno de sua personalidade destacada por um curto magnético short (desafiando a temperatura), deixa toda a equipe de ‘Mujeres’ em silêncio, sua beleza nos tira as palavras, e as primeiras palavras que gentilmente diz é pedir desculpas pelo atraso. Suas primeiras palavras nos acalma. E com um sorriso caloroso cumprimenta a todos com um beijo, toma um gole de seu café e indica que ela está pronta para trabalhar.

Um atraso assim parecia uma história distante da diva do submundo. Mas, na verdade, nada a ver. Maite, como qualquer mortal, enfrentou os mesmos problemas de trânsito de quem vive na Cidade do México . Sem mais delongas, vai para o “camarim”.No restaurante-bar Sir Winston Churchill’s, uma casa de estilo Tudor, com paredes e móveis de madeira, acompanhados por acabamentos de muito bom gosto Inglês, o calor da atmosfera, ainda que não acenda a lareira do primeiro andar nem se escute o piano da sala contígua, combina com a perfeição das boas vibrações de Maite, que concentra-se na maquiagem, penteado e no visual.Demora mais um tanto devido ao cuidado que ela coloca em sua presença, mas quando deixa pra trás os preparativos…as palavras saem pelas suas mãos, suas pernas, pescoço, olhos. E as melhores frases as pronunciam seus movimentos, com metáforas corporais sensuais e fortes. Paredes de plantas já não anseiam tão carente de calor. Natal no restaurante-bar será diferente.

Depois do shooting, a aproximação nos permite distinguir uma Maite que sabe o terreno que pisa,consciente de que a vida não pode e não deve ser lida de uma só forma, mas a melhor maneira de “ser” é estar aberto a todas as possibilidades. Sem muito esforço e agradecendo-lhe, antes da entrevista intuimos que é bem mais que uma cantora e atriz de telenovelas.

Em sua faceta como cantora, qual é o objetivo e conceito principal do seu primeiro material como solista? 

Eclipse de Luna é um disco cheio de vida com histórias pra contar, das quais falam de amor, desamor, ilusão, da lua, da vida… é uma fusão de ritmos latinos e meu objetivo é chegar aos corações das pessoas com minha música, para dividir com elas no palco.

O single “Tú y Yo”é bachata, como você se preparou para entrar em um ritmo que seu público ainda não tinha acostumado-se ?

Eu vivi todo o processo de Eclipse de Luna desde a idéia de fazer este tipo de proposta passou pela minha cabeça. Assim, tornei-me familiarizada com os diferentes gêneros que compõem o material, além disso, não foi difícil porque eu gosto de música latina. Então, eu queria um álbum como este.

Depois de seu trabalho como solista, você pretende fazer colaborações com outros compositores ou pensar ir por este caminho?

Claro, que melhor maneira de partilhar a nossa música e fazer uma equipe para trazer mais oportunidades às pessoas! Somar é sempre bom.

Como foi a sua estreia dirigindo os Hispanic Heritage Awards?

Impressionante, tive a honra de ser convidada para representar a comunidade latina em um evento tão importante, que reconhece todos os falantes de espanhol, que com o seu trabalho abnegado e de seu trabalho contribuem para a nossa comunidade.

Você está planejando se aventurar no teatro?

Eu adoraria fazer teatro musical

Você tem dois milhões de seguidores em sua conta no Twitter, o quão importante é a rede social para você e como você as usa?

Agora estamos quase 2 milhões e 600 mil pessoas nesta família de tuiteiros e, realmente, me parece incrível como as redes sociais mudaram a nossa forma de comunicação, para melhor ou para pior, eles são uma ótima ferramenta que me permitiu estar em contato com muitos pessoas, que expressa o pensamento à distância.

Revista People em espanhol consideram-na em sua lista de mulheres mais poderosas  hispânicas do mundo, o que é para você  o poder  e como deve ser exercido?

É uma faca de dois gumes. Devemos entender a palavra como tal e para onde está indo. De minha parte, estou grata que me considerem parte desse movimento de mulheres Latinas ocupadas em ir em frente e por fazer equipe.

Quais são seus projetos profissionais (música e teatro), a médio e longo prazo?

Ser capaz de compartilhar meu trabalho com o público e conseguimos nos conectar para continuar.

Além de atuar e cantar, quais são suas outras paixões?

Adoro andar de patins, pintura, leitura, cinema, curtir as pessoas que eu amo.

Que tipo de música, livros e filmes que você gosta?

Tudo depende do meu interesse do momento.

Com qual look você se sente mais confortável?

Eu gosto muito da cor preta, os lábios vermelhos e uma maquiagem natural.

Quais as mulheres que você admira e por quê?

As mulheres da minha família, dos quais tenho recebido exemplos, contenção, amor e ferramentas para sair e enfrentar ao mundo.

Já foi mundialmente conhecida com RBD e suas facetas como solista e atriz de sucesso de telenovelas e cinema. Você algum dia imaginou que visitaria a África para promover a si mesma?  O que você lembra sobre esta viagem?

Foi uma experiência que me deixa um sentimento de grande alegria, por ser capaz de chegar a África com o meu trabalho é algo que me enche de emoções, aprendizado e motivação para continuar a me preparar.

Como você descreveria o parceiro ideal?

Eu acho que não devemos colocar rótulos em ninguém nem determinar ideal, porque nada é perfeito. Eu também acho que o importante é compartilhar sua vida com quem te faz feliz, que te faz uma pessoa melhor, com quem você pode se envolver e ter cumplicidade juntos, descobrir o que é o amor.

Em sua vida pessoal, como você vive o seu período de solidão? Você está apaixonado?

” Solidão” é um grande companheiro, especialmente quando em vez do sofrimento aproveitar esse tempo para você, para ouvi-lo, senti-lo, seja você mesmo, é um bom equilíbrio entre os dois movimentos e ruídos externos.

Nos aspectos mentais e psíquicos, como você pode vencer os obstáculos?

Fórmulas não existem, simplesmente viver e ser, manifestando-se no real do momento para lidar. E eu acho que quando você quer, pode, é questão de dizê-lo e com o difícil ou fácil da situação, olhe para cima e ter a intenção de fazê-lo.

Qual foi o momento mais importante da sua vida?

Acho que é difícil de definir um, porque tudo é conseqüência do outro, somos um todo, o “resultado de …”

Qual balanço faria de 2013?

Tem sido um ano cheio de aprendizagem, descoberta, emoções à superfície da vida.
Se houvesse uma máquina do tempo e a Maite Perroni que você foi a um ano atrás viesse te visitar no Natal , o que você diria?
O melhor ainda está por vir.
Além de presentes, jantar e família vivem, que outros significados são para você o Natal e Ano Novo?
Fechando ciclos, recapitular, reconsiderar e consciência.

Frase

“Nessas épocas de festas e todos ano deveriamos ter a mesma intençaõ de amar,ser, estar, da verdade, e não apenas no Natal.”

Que mensagem você daria para os seus fãs?

Em primeiro lugar, os agradeço e dou todo o meu amor. Eu tenho um profundo respeito, reconheço todos os sues esforços, dedicação e capacidade de dar, que ao longo do tempo me encheu de amor e de solidariedade. Eu amo vocês.
E que sejam felizes, que vivam, voem, lutem por aquilo que eles querem, não percam a sua essência e que “sejam”.

Como você mantém a simplicidade e o sorriso franco em um meio ao mundo artístico?

Ufa, isso é um elogio, muito obrigado! Eu acho que é meio como falsos e inautênticos que mais verdadeira a cada dia confirmar que estou dedicada a isso porque eu amo meu trabalho, nada mais. Tento viver como tal, sem deixar de lado as coisas reais da vida.

Como você define a si mesma?

Mortal, intensa e de braços abertos para a vida.

FOTOS

Créditos:SiteMaiPerroni(tradução e adaptação) publimetro(nota)

 

 


Camila Cabral

Uma menina/mulher um pouco com grandes sonhos, com amor imenso pela Maite. Uma de minhas paixões dedicar um pouco do meu tempo ao MaiPerroni.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *