Maite Perroni considera difícil conciliar a música com a atuação

A attriz Maite Perroni, que revelou que é complicado uma reunião com o grupo RBD, disse que não é fácil combinar seu lado musical com a atuação, mas se sente feliz porque ela faz o que gosta e pode desfrutar de ambas as fases.

Declarou que está feliz com todos os resultados que tem dado o seu recente single “Loca”, por isso não querem retardar tudo que funcionou, e vai continuar cantando durante a gravação de sua protagonista na novela “Papá A toda Madre“.

A série de televisão a enche de esperança, porque é um projeto que gosta, razão por qual ela se sente sortuda por seu trabalho e ter uma família de apoio.

“No final, eu acho que cada trabalho é hasteada, sempre que fazemos alguma coisa colocamos todo o nosso coração, mas não sei o que vai acontecer. O resultado é determinado pelo tempo e as pessoas, quando você termina você tem que começar de novo, isso é sempre, a incerteza é algo que já faz parte da nossa carreira “, disse ela.

Ela explicou que, como uma pessoa que trabalha no meio do show está acostumado a jogar a moeda e ver de que lado cai, mas enquanto desfruta do processo criativo, torna-se cheia de vitalidade e está alerta.

Ela disse que já sabe qual será o próximo single, cujos produtores vão ser Cali & El Dandee, com quem trabalhou em sua canção anterior, além de compromissos para fazer apresentações e ser parte de festivais de rádio.

“Vamos começar a trabalhar no estúdio muito em breve, publicarei em breve e o par terá o projeto de TV; que a música continue andando”, disse ela.

Por isso, mudou a indústria, Perroni tomou a decisão para melhor destacar pelos singles ao invés de fazer um álbum completo, porque em sua produção anterior tinha 14 faixas, que custam um monte de trabalho, no final era muitas melodias que “estavam lá e não pode dar-lhes vida.”

Se em algum momento ter a oportunidade de fazer uma compilação de seus “singles”, o fará, mas por enquanto vai trabalhar assim.

Por outro lado considerou complicado que há uma reunião com seus colegas de RBD, Anahi, Dulce Maria, Christian Chávez, Christopher Uckermann e Alfonso Herrera, porque todo mundo tem uma agenda carregada.

Ela disse que desde o fim do grupo muitos já lhe perguntou sobre isso, mas não é fácil de combinar.

“Eu não sei se isso acontecesse, mas vamos ver o que acontece, o tempo dirá, mas pessoalmente eu gostaria de compartilhar um dia com todos os meus colegas no palco e me divertir como antes.”

Créditos: MaiPerroni & Radio Formula (Fonte)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*