Maite Perroni de volta as telenovelas com ‘Papá a Toda Madre’

Em 23 de outubro, estréia “Papá a Toda  Madre”,  nova série de Televisa em que Maite Perroni participa. É uma nova oportunidade para se conectar com seu público além da música. O projeto é de 80 capítulos, quatro meses de gravação em que a estrela tem focado suas energias para manter o público cativado que também o segue através de histrionismo. A ex RBD compartilha que  estar na televisão e na música é uma “soma de vontades”, já que tanto a sua gravadora Warner Music quanto a produção da Televisa apoiam. Além disso, não descarta voltar ao palco com a banda que abriu as portas da fama internacional.

“Com a possibilidade de fazer as duas coisas, com a organização e a disposição da gravadora, tanto quanto a produção e dessa forma, para poder continuar a promover a música, sem negligenciar o que foi alcançado com a série de televisão. Durante a semana, estou no fórum e nos fins de semana, dando mais movimento à música, como festivais de rádio e compromissos agendados. Trabalhando como uma equipe, todos nós fazemos o quebra-cabeça poder armar-se e continuar com a série de televisão “, diz a atriz e cantora

A personagem de Maitese chama  “Reneé”, um papel independente e comprometido com seus objetivos, como é a própria cantora. “Ela é uma mulher inteligente, trabalhadora e auto-suficiente, muito clara sobre seus objetivos, focada no cem por cento no futuro. Ela é uma personagem de aspiração, que sabe o que quer e que vai lutar por seus sonhos “. “Reneé” estuda mecatrônica, é uma área onde há mais homens do que mulheres e ela deste lugar quer contribuir e fazê-lo da melhor maneira”.

No elenco, ele compartilha créditos com Sebastián Rulli, o protagonista da história, que personifica um único pai, participando também de Raúl Araiza, Ana La Salvia e Mark Tacher, entre outros. “É uma série que falará sobre esses papéis familiares que foram revertidos, como existem diferentes tipos de famílias, mas, em última análise, tudo com a importância e necessidade de assumir os valores do que significa encontrar esse amor e essa união em um mundo tão contaminado de violência e tantas coisas que acontecem “.

Se foi a exclusividade

A televisão mexicana está passando por um novo impulso agora que os contratos de exclusividade se foram e, embora essa modalidade tenha afetado muitas pessoas que tinham um trabalho seguro, também incentivou outros a ter oportunidades de trabalho mais fáceis e sem o objeto do veto  em outra empresa de televisão.

“Parece incrível. Eu acho que é uma coisa muito boa. Era hora de acontecer que as coisas funcionassem como em todos os outros países. Isso já foi feito em todas as nações e parece-me muito bem que o México faça para que haja mais oportunidades de trabalho em diferentes lugares e com diferentes produtores, que os atores também podem ter outras oportunidades com outras estações de televisão, esta é uma nova era na televisão”.

Com o cinema em mente

O ator Alberto Agnesi compartilhou que como produtor tem nas mãos a realização de um filme que leva pelo nome “Regalo de Vida”, onde Maite será a protagonista, e ela o apoia. O projeto, que se concentra na doação de órgãos, permanece em vigor.

“Há muito tempo conheci esse projeto. Nós esperamos a data para começar a filmar, e assim que for, eu definitivamente estarei lá. É um filme sobre transplantes de órgãos, trata-se de uma criança, mas prefiro que nos acompanhem no processo de realização da história, que é muito fofo e com uma mensagem muito positiva “.

Há também o próximo lançamento de “Dibujando el Cielo”, um filme escrito e dirigido por Ana Laura Calderón em colaboração com Christopher Hool. E onde também participam Ivan Sánchez, Christian Vazquez, Ana Layevska, Claudia Ramírez e Ximena Romo.

“É um projeto muito bom que no próximo ano estaremoss estreando. Eu sou “Sofia”, uma mulher que vive entre o céu e a terra, é uma astrofísica, ela passa o tempo todo entre suas estrelas e seus satélites, mas ao mesmo tempo na Terra sua vida é um desastre e ela tem que encontrar o equilíbrio para ter uma vida feliz. E ela está nesse processo, de ser reencontrar, para apreciar sua profissão, que é o que ela é apaixonado “

Reencontro com RBD, latente

Sobre uma possível reunião com RBD agora que a nostalgia está na moda, Maite não descarta isso; mas para ela participar, eles teriam que aceitar todos os membros. “Não é algo que é concreto, nem foi criado ainda, todos estão concentrados em suas coisas, mas se todos nós fomos sim, porque seria algo incrível, seria um momento como nós fizemos há dez anos”.

Créditos: Site MaiPerroni & Informador Mx

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*