Sin título

A imagem desta atriz e cantora se projeta a cada dia. Foi  protagonista  de novelas muito populares e acaba de lançar seu primeiro álbum solo

“São dias de muito trabalho , mas também de muita alegria “,  descreve a cantora e atriz mexicana Maite Perroni com a apertada agenda  promocional de Tú y Yo , o primeiro single de Eclipse de Luna, que estreou como solista. Maite se tornou uma figura internacional, através da telenovela Rebelde e depois sendo  membro do grupo musical RBD . Depois seguiu alguns anos e ela se concentrou na atuação e atuou em novelas muito bem sucedidas como Cuidado Con El Angel, Triunfo Del Amor e Mi Pecado . Agora, a música voltou a ser uma prioridade. Vanidades conversou com esta jovem artista .

Por que você demorou tanto tempo para lançar o seu primeiro álbum ?

No momento em que os membros do RBD nos separamos, eu considerei importante construir o meu próprio caminho e um espaço pessoal para me desenvolver profissionalmente . As possibilidades de telenovelas estavam aparecendo e me dediquei completamente a elas . Mas de alguma forma eu me mantive perto da música, porque em cada um dos projetos em que estava eu interpretava um tema. Até que, finalmente, deram as condições  para voltar à música. Tudo na vida tem um momento que deveria ser. A distância me permitiu fazer neste álbum solo uma proposta musical diferente do que tinha feito com o RBD .

Diga -nos o que tem de especial no disco Eclipse de Luna.

Que as pessoas serão capazes de identificar com letras diferentes e fusões musicais. Encontrarão balada, de repente música vallenato ou bachata ou uma canção dance… É um álbum concebido para atingir um público de diferentes idades e gostos, e poder andar de mãos dadas com eles nessa nova fase .

Existe um gênero que é mais parecido contigo ?

Para mim, o importante é que eu gosto do tema,não importa se é romântico ou dança,  me identificar de forma genuína  com o que eu canto e que chegue às pessoas.

Seu trabalho como atriz nos últimos anos foi útil para gravar Eclipse de Luna?

Claro. A atuação e a música têm em comum a interpretação e a capacidade de comunicar emoções e sentimentos. Ambos contam histórias, apenas de uma forma diferente .

Na canção Tú y Yo encontramos uma Maite mais sensual. Isso responde a alguma estratégia ?

Não, não respondendo a um plano premeditado. Simplesmente, a música tinha essa  sensualidade implícita, pedia essa imagem e essa coreografia.

O que é música para você ?

Vida.

Se você tivesse que escolher entre atuar e cantar , qual seria a sua escolha?

(Risos ) Agora eu estou totalmente comprometida com a música, mas isso não significa que deixei de lado a atuação, meu gosto pela televisão não diminuiu.

Os nostálgicos começaram a falar de um possível reencontro do RBD. Qual seria a sua disposição se esses planos se concretizarem?

Se isso acontecer, eu adoraria  participar, desde que todos os membros do RBD voltassem a ficar juntos . Caso contrário, é melhor que cada um  siga adiante  em suas carreiras e os seus próprios projetos.

Como Maite Perroni mudou desde a época da telenovela Rebelde até hoje?

Eu acho que conforme o tempo passa eu aprendi a lidar com este meio difícil, e me sentir cada vez  mais segura da minha decisão . O que eu mantenho intacto são a esperança e o desejo de fazer o que eu amo.

Você acredita em sorte?

Eu acho que há coisas que vão acontecendo pelo destino, mas eu também acho que você não pode ficar sentado esperando para acontecer. Você tem que trabalhar todos os dias, ter metas claras e dedicar o seu tempo, esforço e sacrifício para começar a ver os resultados. Algumas pessoas associam o sucesso com a sorte, mas geralmente por trás do sucesso há muito esforço e trabalho. Este disco, por exemplo, é o resultado de três anos de planejamento, escolha das músicas, muita dedicação para se materializar.

Como você gosta de se vestir no dia, quando você não está na frente do público ?

Sou uma pessoa muito natural, simples, eu quase não uso maquiagem . Eu sou mais “básica” do que ” produzida” .

Quando você tem uma apresentação ou um tapete vermelho, confia em si mesmo para escolher o seu look ou você prefere ir a um consultor de imagem para ajudá-la ?

Às vezes eu recorro a um consultor de imagem, mas no final eu creio que não há ninguém melhor do que você mesma para escolher. Exatamente neste ponto da minha vida eu estou no processo de decidir por mim mesma, porque às vezes a pessoa que aconselha não se fixa á sua personalidade e o que ele faz é disfarce.

Quais são seus estilistas favoritos?

Eu amo o que Angel Sanchez faz. Eu também admiro as criações de Carolina Herrera. E entre os mais jovens, eu gosto do mexicano Goyri Kris.

Alguma vez você já pensou em se envolver no futuro no mundo da moda como designer?

Sim, já pensei. Gostaria de obter a minha própria linha de roupas, mas ainda não é o momento.

Você tem uma forte presença em redes sociais. Qual a importância delas na sua vida?

São uma ferramenta maravilhosa. É impressionante ver como permitem ter contato e a proximidade com pessoas de outros países, que falam outras línguas, outras culturas e modos de vida . Através das redes descobri lindas pessoas que me enviaram seu apoio e seu amor, e as suas críticas e comentários.

Qual é o seu homem perfeito ?

Não existe homem perfeito. Nem a mulher! Somos todos seres humanos, por isso parece injusto pedir a alguém para ser perfeito.

O que é o amor para você ?

É algo que é construído na vida, é uma decisão adulta em que duas pessoas estão empenhados em criar uma história juntos. É uma maneira de andar de mãos dadas, com a verdade e lealdade, e descobrir o outro.

E no assunto amor, qual a classificação que podemos dar neste momento a Maite Perroni ?

Eu estou esperando para coincidir com a pessoa certa. Enquanto não aparece, eu estou bem, em um momento de grande realização. Eu tenho tempo para mim e pude desfrutar de meu crescimento pessoal. Minha filosofia é simples: se eu tenho um namorado, sou muito comprometida com ele, eu amo a oportunidade de compartilhar com alguém e amar. Mas quando eu estou sozinha, eu gosto de me divertir, viver, viajar …

Por enquanto, o álbum é um “parceiro” bastante exigente, você deve se dedicar muito, certo?

Sim, apesar de que seria bom se houvesse uma pessoa. Mas, como eu disse, não tenho pressa para que isso aconteça .

Qual foi a coisa mais difícil que já enfrentou em sua carreira?

Quando eu estava no RBD e morreram três pessoas em uma sessão de autógrafos que fizemos em São Paulo, Brasil. Senti uma grande tristeza, impotência e frustração enorme, porque a intenção era trazer alegria e felicidade para as pessoas e de repente tudo se tornou uma tragédia. Cheguei a me perguntar se valia a pena ou não continuar nesta carreira.

E o momento mais gratificante ?

Seria injusto escolher apenas um, como eu me considero uma mulher abençoada. Eu tive a sorte de participar em grandes projetos, que me deixou coisas maravilhosas .

Que gosta de fazer no seu tempo livre?

Eu amo andar de  patins, ir ao cinema, ter um bom jantar com a minha família e os meus amigos … Gosto desses momentos.

Você tem amigos de muitos anos ?

Tenho a sorte de ter amizades longas. Imagine que um das minhas melhores amigas eu conheci há 26 anos! Quando uma amizade chega a minha vida é para ficar, se é de verdade. Estas amizades autenticas são para sempre, são sinônimo de verdade.

Créditos: MaiPerroni.Org (Tradução e Adaptação) Fonte: Vanidades.com


Camila Cabral

Uma menina/mulher um pouco com grandes sonhos, com amor imenso pela Maite. Uma de minhas paixões dedicar um pouco do meu tempo ao MaiPerroni.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *