13709844_1028358143926606_4938792174588819654_n

Desde o dia 15 de agosto de 2008, data que o RBD anunciou sua separação, os fãs do grupo mexicano têm lutado para manter a chama de hits grudentos acesa em seus corações. Depois de Anahí e Dulce María, que lideraram a movimentação dos artistas do sexteto que estrelou a novela de sucesso no SBT, a artista que manteve a maior parcela de seguidores é Maite Perroni, que retorna a Curitiba nesta quinta (21), com o show da turnê “Love”, às 20 horas, na Ópera de Arame.

Não é a primeira vez que Maite pisa em terras paranaenses. Em agosto de 2010, em um Teatro Positivo com lotação praticamente mínima, a artista apresentou as faixas do disco “Eclipse de Luna”, que deve ganhar um sucessor nos próximos meses. Os curitibanos, nesta quinta, terão a chance de conhecer um pouco deste material inédito.

“Há canções velhas, mas quero apresentar o novo disco e até algumas canções do RBD. Pretendo revisitar toda a minha carreira. Os fãs nos shows serão os primeiros a conhecer as músicas novas”, adianta Maite, em entrevista por telefone à Gazeta do Povo.

Participação especial

Outra surpresa que a artista prepara – e que deve atrair os mais jovens – é a participação do cantor Tiago Iorc, um dos favoritos de público na capital paranaense, com a possibilidade da performance do single “Me Espera”, gravado com Sandy. Em São Paulo, no último domingo, Wanessa Camargo dividiu o palco com Maite e trouxe a faixa “Amor, Amor”, de 2005, com pitadas de português e espanhol.

Dedicada às novelas da Televisa, Maite agora retorna aos palcos para retomar a carreira musical, mas sonha com as telonas. Em bate-papo com a Gazeta do Povo, a artista falou de suas parcerias recentes e um desejo surpreendente.

Como é o novo disco? Tem a mesma linha do primeiro álbum?

Acabo me inspirando um pouco no pop do exterior. Ainda não temos a data de lançamento, mas pretendo estar anunciando isso em julho. O disco é totalmente diferente do primeiro. É um ritmo novo, ele é mais urbano.

Tem alguma lembrança do Brasil? E de Curitiba?

Faz muito tempo que não vou a Curitiba, então não me lembro de muita coisa. Vai ser uma boa oportunidade para rever os fãs, os quais eu sinto uma energia sem igual. As pessoas do Brasil, o carinho, a paixão delas… são coisas muito fortes. Tudo o que vivi no Brasil foi muito intenso, sendo um país muito importante para minha carreira, história e músicas. É como minha segunda casa.

Você cantou com Wanessa em seu novo disco? Há possibilidade de uma nova parceria?

Quando a conheci, me pareceu uma mulher muito agradável e muito séria. Ela canta uma das faixas comigo na nova turnê, sempre demonstrando muita paixão pelo palco. Foi uma experiência muita bonita. Não conhecia muito dela, e vejo o como ela é amada no Brasil, então é uma grande honra ter ela junto. Quem sabe iremos fazer uma nova canção juntas…

Por que houve atraso no lançamento do disco e do novo single?

As coisas vieram com o tempo. Estive dedicada a novelas aqui [uma delas deve estrear ainda em 2016 no SBT, “A Gata”. Passamos este ano preparando o disco, arrumando as faixas e por isso queria deixar todo o material pronto. Não tinha como ser de um dia para o outro.

E Hollywood? Os fãs sonham com sua atuação nos cinemas.

Gostaria muito, mas queria representar mais meu país. Estou focando na música e me envolvendo mais com a televisão no México, o que pode me abrir oportunidades no futuro. Por que não?

Qual cineasta você tem como referência?

Gosto muito de Pedro Almodóvar. É alguém que eu gostaria de conhecer bem de perto. Naturalmente, gosto de romances, ação e thrillers.

Então seria um sonho atuar em algo do Almodóvar?

Sim, espero que um dia isso se materialize.

Vídeo da coletiva

Créditos: Gazeta do Povo

Categorias: NotíciasVídeos

Camila Cabral

Uma menina/mulher um pouco com grandes sonhos, com amor imenso pela Maite. Uma de minhas paixões dedicar um pouco do meu tempo ao MaiPerroni.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *