“Não estou fechada a nada, gosto de desafios” diz Maite Perroni

“Não estou fechada a nada, gosto de desafios” diz Maite Perroni

17/11/2016 0 Por Camila Cabral

love

Sair de turnê e visitar um país diferente a cada certo tempo é habitual da cantora e atriz Maite Perroni. Com seu antigo grupo RBD recorreu 23 países e 116 cidades. Passou oito anos desde que a banda separou, mas ela não se afastou da música. Além de sua participação em novelas, Perroni continua com sua carreira de cantora.

Esta é a razão que a traz à terra de Guayaquil como parte da sua Tour Love. Após nove anos de ausência as terras equatorianas, Maite compartilhará o palco com Alex Ubago, o espanhol que pela primeira vez dará um show no país.

Nesta entrevista a interprete de Tu y Yo confirmou sua passada para Hollywood e suas vontades de explorar novos caminhos.

Está consagrada como “Rainha das Telenovelas” Não crê que é momento de dar um passo no cinema ou teatro? Prefere a zona de conforto?

Me encanta a televisão, a música, o teatro, o cinema, de feito, já há um projeto no cinema mexicano que será para próximo ano e estou muito emocionada de poder iniciar uma história no cinema. É uma comédia romântica com a produção de Christopher Hool, quem também fez vários filmes de grande sucesso.  Assim que não estou fechada a nada, eu gosto de desafios.

Tem pouco tempo por redes sócias deu a conhecer que estava em Workshop em Los Angeles, Isso significa um passoa de Maite à Hollywood?

Tem alguns meses que estou vivendo entre Los Angeles e México. É como começar do zero e me encanta. É me mover da minha zona de conforto por completo e tentar materializar novos sonhos, mas tendo a consciência que pode não acontecer, mas prefiro tentar a ficar com vontade de saber que podia ter acontecido.

A atuação tomaria seu tempo para novo disco? Este trabalho com Adicta é de deixar de boca aberta, quando podemos escutar?

Eu gosto de me entregar por completo ao meu trabalho porque é paixão de vida atuar e cantar. Os dois sempre estiveram juntos, porque há temas que interpretei nas novelas. Com Eclipse de Luna foi muito bem, chegamos a ter quanto singles nas rádios além que tive a oportunidade de realizar show no México, Brasil e Espanha. Agora com este novo material discográfico, a ideia é ir trabalhando single por single, tem estado desde que iniciamos a dar vida a Adicta e conforme este tema irei trabalhando os demais.  A ideia é propor diferentes sons latinos como fiz com meu primeiro disco. Quando tiver mais detalhes sobre o seguinte single eu apresentarei.

Maite não vem a Equador desde 20 de Abril de 2007, data que iniciou mundialmente a Tour Celestial. Seus fãs não puderam se despedir com a Tour Del Ádios, de seu antigo grupo RBD. Como espera que seja esse encontro com seus seguidores?

Sem dúvida será algo incrível. Estou muito emocionada de poder viajar até Equador e estar com eles já em alguns dias e poder compartilhar um pouco da minha música. Sei que será uma noite inesquecível.

O amor e o trabalho estão vinculados em sua vida. Como é a relação de produtor e cantora quando fazem parte deste processo?

Nos conhecemos quando estava preparando meu primeiro disco Eclipse de Luna porque ele foi o produtor e desde esse momento gerou uma cumplicidade entre ambos. Ele tem sido uma pessoa que me impulsa sempre.

É imagem de várias campanhas altruístas. Com qual se identifica mais?

Neste momento me encontro apoiando uma causa super importante e que além como mexicana me sinto muito orgulhosa de ser parte e precisamente Contra o Trabalho Infantil. Junto com a Fundação Pan-americana Para Desenvolvimento demos a conhecer em umas semanas este grande trabalho, tem muito por fazer, mas estou segura que está gerando uma consciência na sociedade e vamos conseguir. Só no México há mais de dois milhões e meio de crianças expostos ao trabalho e não deveriam porque se afastam da educação.

Se hoje tivesse só um desejo e só serviria para mudar sua vida. O que pediria?

Soará muito banal, mas não mudaria nada.

Jogo Pinp Pong

Pop ou bachata?

Os dois.

Tatuagem ou Piercing?

Tatuagem.

Tequila ou Vinho?

Vinho.

Dirigir ou andar de bicicleta?

Andar de bicicleta.

Lichita ou Marichuy?

Huuum Maite (Risos).

Empezar desde Cero ou Tú y Yo?

As duas (Risos).

Créditos: Site MaiPerroni & Alejandro Puña Patiño (Expresiones Ecuador, Scans)