Maite Perroni: “Agora seria um bom momento para voltar a música”

Maite Perroni: “Agora seria um bom momento para voltar a música”

21/06/2012 1 Por Camila Cabral

A atriz Maite Perroni não descartou a possibilidade de regressar a música, e confirmou que a música sempre esteve presente de alguma maneira em sua vida; mas explicou que depois de RBD, era importante fazer uma pausa e deixa-la de lado, para começar a construir um espaço como Maite e como atriz.

Embora disse que, se as coisas acontecerem e tiver a oportunidade de regressar, ela o faria.

“Acredito que agora já seria um bom momento para fazê-lo.”

Por outro lado, disse estar muito bem em sua relação com  o também ator e cantor Mane de la Parra, a quem considera um homem empreendedor e afirmou que embora queiram se casar, eles não estão com pressa. Também comentou que levam um ano e nove meses de namoro, tudo indo muito bem.

Entrevistada no espaço de Javier Poza, a ex-RBD destacou o importante que é ter um equilíbrio na vida, porque afinal o que fica no coração é a família, o parceiro e futuros filhos.

Além disso, a família é o alicerce que cria raízes e as bases para trabalhar, realizar um sonho, seguir adiante, e etc.

Por outro lado, disse não saber porque a imprensa tem falado tanto sobre sua perda de peso, já que há seis meses diziam que ela estava gorda e agora que entrou na novela, dizem que está em dieta extrema e que desmaiou em três ocasiões, quando não houve desmaio nenhum.

Ela pediu para ter uma imagem real de qualquer mulher, já que como figura pública, há muitas jovens que poderiam segui-la e ir com ideias erradas dadas pela imprensa.

A este respeito, afirmou: “Assim como eu sou, gosto de mim, me aceito, me cuido, me alimento bem e faço exercício.”

Com relação a sua participação na novela  “Cachito de Cielo”, a atriz comentou que se trata de ser quarto papel como protagonista, já que depois de “Rebelde”, seguiu com “Cuidado Con El Ángel”, “Mi Pecado”, “Triunfo Del Amor” e agora “Cachito de Cielo”.

Da mesma forma, disse estar contente com sua personagem e com a novela, já que se trata de uma história nova e com uma abordagem diferente à história de amor que estamos acostumados a ver.

Acrescentou que o interessante sobre isso, é que as pessoas tornem-se cúmplices da novela e comecem a entrar na dinâmica das coisas divertidas, na qual tem uma importância e um tema relevante que é um contraste com esse amor e essa alma.

Sobre o ator Jorge Poza, Perroni o considerou como  uma maravilha de companheiro, já que é um bom ator, amigo, grande personalidade e autêntico, que faz o papel de locutor na história.

Ao ser questionada, sobre se queria tomar mais tempo antes de iniciar outra novela,  depois de ter terminado “Triunfo Del Amor” como foi especulado, Maite esclareceu que esses comentários saíram porque nos tempos de “Cachito De Cielo”, eram os mesmos que ela havia previsto para fazer um filme, que ela queria muito.

Mas disse que graças as coisas terem sido faladas claramente, foi  possível mudar os tempos e portanto, comparecer na gravação que terminou no sábado, 21 de Abril, para voltar ao México, de Tlaxcala e começar na próxima segunda-feira com as gravações de “Cachito de Cielo”.

O filme se chama “El Arribo del Conrado Sierra”, escrita e dirigida por René Pereyra e se trata do primeiro filme feito no México sob o método Strasberg, na qual tomaram-se três meses.

De acordo com a protagonista de “Cachito De Cielo”, na atuação há diferentes escolas e a mais conhecida é Stanislavsky, na qual Strasberg foi seu aluno, e René Pereyra era sua mão direita, aluno, assistente e companheiro dos últimos anos.

Créditos: MP (tradução e adaptação) / Fonte: Radio Fórmula