Maite Perroni fala sobre “Herdeiros por acidente”, próximos projetos e muito mais

Entrevistas Notícias Séries

Hoje a série “Herederos Por Accidente” estreia através da plataforma Pantaya (EUA), uma comédia em que Maite Perroni tem um dos papéis principais.

“Herederos Por Accidente” é uma série que gira em torno de duas famílias, uma mexicana e outra espanhola, que se veem obrigadas a viver sob o mesmo teto, gerando grandes enredos entre elas, ambas têm algo em comum: Lupe (Maite Perroni), uma jovem mexicana grávida do herdeiro de uma grande fortuna.

O elenco de atores tem talento mexicano e espanhol com nomes como a própria Perroni, Norma Angélica, Consuelo Duval, Agustín Arana, Camila Valero, Michel Duval, Luis Miguel Seguí, Álvaro Fontalba, Mara López, Jorge Caballero, Estefania de los Santos e Manu Vega.

E com a atriz mexicana conversamos sobre essa série e seus próximos projetos:

S.M.: O que você pode nos dizer sobre a série “Herederos Por Accidente”?

Maite Perroni: É uma série de comédia em que conheceremos 2 famílias de diferentes países que por acidente acabam vivendo sob o mesmo teto diante desse choque de culturas gerando situações que tenho certeza que farão com que passem momentos muito agradáveis ​​em família. Também tocamos em questões como a ambição que os personagens têm e que muitas vezes as pessoas caem nisso, em querer mais e mais e mais … então de alguma forma podemos refletir sobre alguns deles.

S.M.: Como é o seu personagem Lupe?

M.P .: Acho que o Lu é o pretexto para que tudo aconteça, ha ha ha. Tudo começa com ela e um lindo bebê que não tem ideia do que está causando com sua chegada, pois cada personagem tem necessidades e vê nele uma maneira de seguir em frente. Lu é mexicana, decide ir para a Espanha estudar, trabalhar, se torna uma mulher independente, mas no processo se apaixona e devido a um acidente as coisas mudam, fazendo com que sua família viaje para a Espanha. Pelo que Lu provoca, ela se torna mais observadora do que atuante nas situações que ocorrem nos capítulos, mas está procurando uma maneira de resolvê-las da melhor maneira.

S.M.: Qual foi o maior desafio ao dar vida a Lupe?

MP: Acho que, como atores, somos sempre gratos por poder interpretar personagens que não têm nada a ver conosco e que juntos com outros personagens formam uma história que vale a pena compartilhar com o público, mas que ao mesmo tempo, de uma forma ou de outra, podemos nos conectar com seus essência. Neste caso o tema principal do Lu e das séries em geral é a família porque são o nosso centro, a nossa força, o nosso amor, onde voltamos sempre para nos motivar no nosso dia a dia; é aí que tudo começa.

S.M.: Como foi trabalhar com um elenco de atores mexicanos e espanhóis? Alguma situação engraçada?

M.P.: Foi o melhor, nos divertimos muito. Poder compartilhar com Consuelo e Mich Duval, Cuca Escribano, Jorge Caballero, Sara Montalvo e todos os atores foi uma experiência muito enriquecedora porque, como você diz, éramos mexicanos e espanhóis e junto com nossos personagens tivemos que aprender os costumes e hábitos de nossos países. Existem muitas situações engraçadas, mas tudo é baseado em nossas culturas, por isso é muito interessante saber porque uma determinada palavra ou ação não é bem vista na Espanha ou vice-versa; Ao longo dessas 2 temporadas, as pessoas poderão entender mais sobre isso e se divertir conosco.

S.M.: Agora que 2020 está quase acabando, um ano difícil, o que você espera para 2021 em termos de projetos profissionais ou pessoais?

MP: Sem dúvida este tem sido um ano difícil para todos nós, foi um ano em que tivemos que fazer uma pausa na vida, isso era algo que eu não fazia há muito tempo, e desde então agradeço de coração o que tenho porque é quando se percebe que o mais importante é a saúde e ver a família. Infelizmente, isso não acabou; Já o expressei em minhas redes, mas espero que percebamos que somos todos uma equipe e como é importante que você se cuide, pois assim você cuida de quem está ao seu redor.

Há muitas pessoas que ficaram desempregadas. Os projetos que estreei este ano são projetos que foram gravados desde o ano passado e assim pude me manter atual neste 2020; No entanto, projetos como “El Juego de Las Llaves 2” foram afetados porque íamos começar a filmar quando a pandemia atingiu o México e, por razões de segurança para todos, a produção foi adiada. Devemos ser gratos por tudo o que temos, manter-nos informados, mas sem cair na paranoia.

Por outro lado, sou grata por poder me dedicar ao que mais me apaixona. Para 2021, há projetos que me deixam muito animado, como “El Juego de Las Llaves 2” e “Oscuro Deseo 2”; em breve irei compartilhar mais detalhes.

Créditos: Site MaiPerroni (Tradução e Adpatação) Siempre Mujer (Entrevista)

Camila Cabral

Uma menina/mulher um pouco com grandes sonhos, com amor imenso pela Maite. Uma de minhas paixões dedicar um pouco do meu tempo ao MaiPerroni.

http://www.maiperroni.org

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *