Maite Perroni fala sobre o desafio de criar conteúdos do México para o mundo

Maite Perroni, cantora, atriz e produtora há alguns anos, partilhou com a PRODU a sua perspetiva sobre a indústria produtiva, destacando os desafios e oportunidades que enfrenta atualmente, onde, segundo ela, é necessário continuar a criar conteúdo local com alcance internacional.

A atriz, considerada a primeira a estrelar três séries de sucesso (Oscuro deseoEl juego de las llavesHerederos por accidente), para três das maiores plataformas (Netflix, Prime Video e Claro Video, respectivamente), revelou como tem sido sua jornada de funções tradicionais a se tornar criadora de conteúdo para streaming, em um setor em constante mudança, conseguindo posicionar seus projetos no primeiro lugar dos mais assistidos mundialmente em cada uma das telas durante seu mês de lançamento.

“O desafio é ter um conteúdo que se destaque, que tenha algo a dizer, com uma boa produção, um bom elenco e que possa viajar pelo mundo todo. A realidade é que temos uma grande responsabilidade em saber que tudo o que for carregado numa plataforma chegará a países que você nunca imaginou, por isso, devemos continuar criando conteúdos do México que sejam do gosto e consumo da população, porque conseguimos isso com diversos projetos, e isso não deve ser perdido, pelo contrário, vamos fazer a qualidade aumentar e o país continuar a ser um digno representante da América Latina internacionalmente”, afirmou.

O COMPROMISSO DE GERAR CONTEÚDO DE QUALIDADE

Falando sobre a evolução da indústria e a ascensão das plataformas de streaming, Perroni garantiu que a indústria está crescendo rapidamente acompanhada do consumo público: “Há menos de seis anos começamos a ter oportunidades de estar em produções latinas que foram para as plataformas e agora, há alguns meses estamos replicando histórias mais melodramáticas sob o contexto e a lupa de uma série e foco cinematográfico”.

Sobre a sua faceta como produtora, Maite garantiu que há alguns anos está envolvida em diversos projetos, destacando a sua participação em filmes como Doblemente embarazada e La octava cláusula, colaborando com plataformas como Amazon e Netflix: “Cada projeto me desafiou, e hoje posso dizer que me envolvi na produção deste esse lugar”, afirmou. A atriz destacou a importância de trabalhar em equipe, entender todo o processo produtivo e ter uma visão mais ampla do setor.

O DESAFIO DE QUEBRAR ESTEREÓTIPOS

“Tem sido um desafio e um processo interessante porque quando tomei a decisão de começar a fazer projetos diferentes, de me deslocar de um lugar para outro e começar a procurar outras oportunidades, não foi nada fácil”, confessou.

A atriz destacou que enfrentar os estereótipos e a mentalidade limitadora de que os atores só podem fazer determinados gêneros ou projetos foi um obstáculo que ela teve que superar. No entanto, a sua perseverança e o empenho dos produtores e realizadores a levaram a quebrar essas barreiras e a explorar novas facetas na sua carreira.

Falando sobre sua versatilidade, ela afirmou: “Posso ler um personagem, vê-lo no papel e ter um texto, mas ao dar vida a ele, muita coisa começa a acontecer comigo. Você tem que amar o personagem, entender sua psicologia e viver suas piores falhas para transmitir autenticidade à história.” A atriz ressalta seu gosto por uma ampla variedade de gêneros, da comédia romântica ao suspense e ação. Destacou que cada género lhe dá a oportunidade de experimentar e mergulhar em diferentes realidades, enriquecendo o seu processo criativo.

OLHANDO EM DIREÇÃO AO FUTURO

Enquanto Maite Perroni embarca em uma turnê musical com o grupo RBD, ela expressou que continua em busca de novos projetos como produtora e atriz, explorando novas possibilidades e construindo seu legado na indústria do entretenimento: “Estou aberta a receber roteiros e histórias, ao mesmo tempo que temos alguns selecionados que estou trabalhando, além de ter um projeto que está na fila, esperando encontrar tempo para produzi-lo”.

MAITE PERRONI EM NÚMEROS

A série Oscuro Deseo, feita para a Netflix em 2020, foi assistida por mais de 35 milhões de usuários em todo o mundo nos primeiros 28 dias, tornando a primeira temporada a mais assistida nesta plataforma até agora em idiomas diferentes do inglês. Ficou entre os 10 primeiros em 77 países e número 1 em países como Israel, Omã, Brasil, Venezuela, entre outros, e por mais de um mês foi a série mexicana mais assistida nesta tela.

Enquanto isso, Tríada, menos de uma semana após sua estreia, foi a série mexicana não falada em língua inglês mais assistida na Netflix e a primeira a ser dublada em 11 idiomas em mais de 190 países. Hoje tem mais de 120 milhões de horas visualizadas em todo o mundo e está entre as 10 primeiras em 80 países. Da mesma forma, Herederos por Accidente, para Claro Video, e El juego de las llaves para Prime Video, foram os mais vistos em cada plataforma desde a sua estreia. Já o filme Sin ti no puedo para Paramount+ tem sido tendência em toda a América Latina por ser o filme hispano-mexicano mais assistido por mais de um mês consecutivo.

A criadora de conteúdo tem mais de 13,5 milhões de seguidores no Facebook, 12 milhões no Instagram, 4,8 milhões no Twitter, 1,2 milhão no TikTok e 2,3 milhões de assinantes no YouTube.

Ela é uma das 29 figuras do entretenimento mais pesquisadas na plataforma Google Brasil. No Google França ocupa a 8ª posição como a mexicana mais pesquisada naquele país. Soma-se a isso a sua presença no Google do Reino Unido, Índia e Alemanha.

CréditoS: Site MaiPerroni & PRODU

62